Blog Quero me Formar — Organização & Finanças: 5 Dicas Indispensáveis para Estudar Inglês Sozinho

2 de maio de 2020

5 Dicas Indispensáveis para Estudar Inglês Sozinho

O artigo de hoje contém 5 dicas de comportamentos e ferramentas para você estudar inglês sozinha, se você é iniciante ou se já está nesse processo. São dicas simples, porém, indispensáveis. Confira!

Macbook, agenda, clipes e óculos sobre uma mesa branca

O inglês tem se tornado um idioma cada vez mais importante e até mesmo necessário: ele é pré-requisito para diversas vagas de emprego, está presente no nosso dia a dia de diversas formas e é o terceiro idioma mais falado do mundo, além de ser considerado o segundo idioma em muitos países.

Especialmente na quarentena, aprender um novo idioma é uma forma bem legal de usar o tempo ocioso durante o isolamento social.

As principais vantagens de estudar inglês sozinha é aprender no seu ritmo, estudar no horário que você tem disponibilidade e liberdade para criar o seu próprio cronograma de estudos, contudo, tentar aprender o idioma sozinha também requer um pouco mais de esforço e interesse, pois não terá ninguém para corrigir os seus erros de pronúncia ou te dizer o que estudar hoje, por exemplo.

Dessa forma, é sempre interessante nos atentarmos a novas formas e ferramentas para estudar inglês e conseguir atingir a tão almejada fluência!

Confira algumas dicas que são indispensáveis para estudar inglês sozinha que vão te ajudar a absorver melhor os conteúdos estudados e potencializar o seu aprendizado no idioma, caso você já faça algum curso.


5 Dicas Indispensáveis para Estudar Inglês Sozinho


Aprender inglês não é simplesmente um dom, portanto, não é restrito apenas às pessoas que "nasceram para isso".

Aprender um idioma é uma habilidade que pode ser desenvolvida por qualquer pessoa.

Eu sempre gostei muito de inglês, então confesso que não tenho muita propriedade para indicar formas de motivação para aprender inglês, mas talvez o ideal seja esclarecer para si mesma qual a importância de aprender inglês e interiorizar isso, até que não faça nenhum sentido para você não estudar o idioma.

Isso pode ser feito de maneira gradual e sem forçar para, aos poucos, inserir o inglês em coisas que você gosta como jogos, músicas e etc.

Agora, vamos as dicas do artigo para estudar inglês sozinha:


1. Monte o seu cronograma de estudos


O cronograma de estudos é uma ferramenta de organização da rotina de estudos e conteúdo, de forma que você concilie o seu tempo de estudos disponível com os conteúdos que precisam ser estudados.

Ele é importante no inglês pois, apesar de ser um único idioma, o seu aprendizado envolve o desenvolvimento de 4 habilidades:
  • speaking (falar)
  • listening (ouvir)
  • writing (escrever)
  • reading (ler)

Essas 4 habilidades abrangem, ainda, o estudo de gramática e vocabulário, que são importantes para todas as habilidades.

É claro que muita das vezes você acaba treinando mais de uma dessas habilidades juntas e que pode preferir uma à outra, contudo, não pode se esquecer de que é necessário desenvolver todas pois são igualmente importantes na consolidação do seu estudo de inglês.

DICA: pesquise "grade"/"matérias" curso inglês" no Google para saber exatamente quais conteúdos você deve estudar em cada nível de Inglês.

Com base nessas habilidades e "competências", monte o seu cronograma.

Se possível, defina as suas horas de estudo disponíveis e faça o seu próprio planejamento de conteúdo do que será estudado com que frequência e em qual ordem (por exemplo: pronúncia: 2 vezes na semana | gramática: 1 vez na semana, sendo: 1. presente simples, 2. passado simples, 3. presente contínuo).

Caso você não consiga definir quais serão os horários em que você estudará inglês, faça o seu planejamento de conteúdo normalmente e separe-o em pequenos blocos de estudos, de forma que você saiba por qual "bloco" começar quando tiver tempo de estudar inglês, mesmo que por poucos minutos.

Falar sobre um plano de estudos feito para você, de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Mulher escrevendo em uma agenda com cartela de adesivos ao lado
tenha um cronograma de estudos

2. Separe os materiais de estudo


Talvez isso demande um certo tempo, mas é extremamente necessário para que você seja mais produtiva ao estudar inglês sozinha, além de evitar que perca o foco ou se sinta "paralisada" no seu estudo por não saber o que estudar ou por onde estudar.

Existem cada vez mais fontes de conteúdo para estudar inglês e você pode usar todas elas ao seu favor:
  • cursos e e-books;
  • sites;
  • vídeos no YouTube;
  • livros;
  • podcasts;
  • aplicativos e outras.
Escolha as opções com que mais se identifica e organize os materiais que serão utilizados por você em cada etapa do seu estudo de inglês.

  • Cursos e e-books
Depois de ter o seu planejamento de conteúdo/cronograma de estudos prontos, pesquise cursos e e-books relacionados ao conteúdo que você estudará, salve em seu computador ou (ou na nuvem) e organize em pastas (por exemplo, nomeadas em "Gramática", "Pronúncia", etc.).

Dentro de cada pasta, você podem ainda separar os tipos de arquivo (livros, áudios, exercícios e etc.).

Se possível, nomeie cada arquivo segundo a ordem com que você consumirá cada livro, supondo: você baiou um e-book sobre presente simples e outro sobre passado simples, dessa forma, nomeie-os para "1.E-book Presente Simples" e "2.E-book Passado Simples" e deixe os arquivos na pasta organizados por nome.

Assim os seus arquivos já ficam organizados na ordem em que serão estudados e você pode achá-los rapidamente.

  • Vídeos no YouTube e Podcasts
Seguindo a mesma lógica de pastas dos arquivos, crie playlists para estudar inglês e organize-as da forma que achar mais interessante.

Dentro das playlists, se possível, também ordene os conteúdos na ordem em que serão utilizados.


  • Aplicativos
Teste os aplicativos antes de incluí-los na sua rotina de estudos e procure conhecer qual a principal finalidade de cada um, pois alguns apps tem funcionalidades diferentes, como: foco no listenning ou no vocabulário. 

Saiba em que cada aplicativo vai te ajudar e utilize isso de forma estratégica.


  • Sites
Caso você costume visitar sites para estudar inglês, consultar dicionários on-line, baixar arquivos e etc., também organize.

Crie uma pasta na aba "Favoritos" do seu navegador e sempre salve os sites relacionados ao estudo de inglês lá. Se for necessário, você também pode ordenar os sites depois de salvo.

Caso você utilize sites por mais de um dispositivo (como computador e celular, por exemplo), é só manter os navegadores sincronizados com a sua conta em todos os seus dispositivos para continuar salvando os favoritos na mesma pasta.

Apesar de parecer trabalhoso e desnecessário, manter todos os seus conteúdos de inglês separados antes de começar a estudar auxilia muito quando você está estudando inglês sozinha.

Assim como a/o docente de inglês em um curso já chega com todos os conteúdos organizados para dar a aula sem perder tempo de aula procurando o que será ensinado, você também não perderá tempo de estudo procurando o que você irá estudar e como.

Visto que uma das vantagens de estudar inglês sozinha é a liberdade para estudar o idioma da forma que quiser, essa dica deve ser seguida de acordo com as suas preferências e disponibilidade. Se preferir, separe os materiais que serão utilizados na semana ou no mês, por exemplo.

Caso você não saiba quanto tempo terá para estudar inglês, recomendo que deixe o máximo possível de conteúdos separados e, quando eles estiverem se esgotando, tire um tempo para separar mais conteúdos.

Logo, prepare o que for preciso para você consiga estudar inglês mas não acumule materiais desnecessários. Faça isso com calma para que possa analisar e separar apenas o que for usar.

livros e revistas organizados em uma prateleira clean feminina
separe os materiais necessários


3. Insira o inglês na sua rotina


Já parou para pensar que muitas coisas que aprendemos a falar em português ninguém precisou nos ensinar?

Dificilmente, mesmo quando éramos crianças, alguém nos apontou uma mesa, cadeira ou cama e nos disse o que eram. Por se tratarem de objetos cotidianos e que estão à nossa volta, absorvemos isso sem que ninguém viesse até nós ensinar.

Com o inglês, podemos fazer a mesma coisa.

Tente trazer o idioma  para a sua vida e cotidiano, especialmente em coisas que você gosta e usa muito, de forma que você absorva indiretamente vários aprendizados, especialmente sobre vocabulário em inglês. Veja algumas indicações:

  • assista filmes e séries dublados
Apesar de parecer estranho no começo, rapidamente você se acostuma e acaba gostando. Eu mesma detestavam filmes legendados e hoje não abro mão.

Principalmente se assistir enquanto usa fones de ouvido, vai ajudar bastante no listening e a se habituar com como o idioma é falado no dia a dia pelos nativos.

  • ouça bastante músicas em inglês, acompanhe a letra e olhe a tradução
Essa é uma forma de associação que ajuda de diversas formas o seu aprendizado de inglês.

É possível encontrar a letra original de qualquer música na internet, então sempre que puder, abra a letra da da música e vá acompanhando (cantando junto). Além de treinar o listening, você também estará treinando a sua pronúncia.

Faça isso mais de uma vez com a mesma música para melhorar cada vez mais a sua pronúncia das palavras que contém na letra da música.

Depois que a música acabar, dê uma olhada na tradução buscando associar a letra tarduzida com a original e aprender um pouco mais sobre expressões comuns e vocabulário.

  • siga contas de nativos ou fluentes em inglês nas redes sociais
Siga nas redes sociais os seus ídolos que falam inglês (especialmente os que costumam postar fotos com legendas maiores e com "sentido") e tente compreender sozinha o texto da legenda antes de utilizar o recurso de "ver tradução".

Essa é uma forma de inserir o inglês na sua rotina sem que isso pareça muito chato, pois você provavelmente estará genuinamente interessada nas últimas atualizações das pessoas que admira.

Também pode seguir famosos que você que gosta e são fluentes em inglês.

Um exemplo interessante é a modelo brasileira Gisele Bündchen, que posta legendas em inglês e português em todas as suas fotos no Instagram.

  • altere o idioma dos seus dispositivos 
Essa dica também é bastante comum: trocar o idioma dos seus eletrônicos para o inglês, como celular, televisão, DVD e etc.

Caso não queira mudar o idioma de tudo, experimente apenas mudar o idioma dos seus jogos, navegadores da internet e de alguns sites que costuma utilizar, pois nesses casos normalmente o recurso é mais intuitivo e não fica tão trabalhoso ter de manuseá-lo em inglês, até porque é bastante recorrente conseguir "se virar" em sites e jogos que só estão disponíveis em inglês.

  • fazer buscas/pesquisas em inglês
Uma forma de (mais ou menos) praticar a sua escrita é fazer pesquisas (em mecanismos de busca como o Google) utilizando palavras em inglês.

Além de ser bom para o seu inglês, também é uma vantagem para você pois em alguns casos obterá até resultados melhores na sua pesquisa.

Eu costumo fazer muito isso quando preciso encontrar imagens no Google ou Canva, de forma que sempre digito "money png" em vez de "dinheiro png", por exemplo.

Não só digite as buscas, como também leia coisas que te interessam em inglês, como tutoriais, notícias e minicursos, por exemplo. Novamente, você acaba praticando inglês sem que isso pareça chato.

  • pensar e escrever cotidianamente em inglês
Principalmente se você pretende estudar inglês sozinha mas não tem muito tempo de se dedicar ao estudo do idioma, essa dica é indispensável.

Tente formar os seus pensamentos em inglês, desde os mais cotidianos aos mais aleatórios.

Por exemplo: supondo que no final do seu dia você esteja relembrando o seu dia e perceba que esqueceu  que era o aniversário de uma amiga, logo, pense "oh, I forgot the Maria's birthday!".

É interessante também passar a escrever em inglês alguns momentos de escrita que fazem parte do seu cotidiano.

Se você tem um diário, tente escrever nele em inglês mesmo que você se sinta muito básico nisso. Da mesma forma, pode passar a escrever em inglês na sua agenda, wishlist, lista de compras do supermercado e quaisquer outras oportunidades que tiver de praticar a escrita e aprender a formar frases.

  • praticar em um aplicativo de inglês diariamente
Diversos aplicativos para estudar inglês oferecem lições gratuitas e até mesmo incentivam a prática diária, ajudando você manter o estudo do inglês de forma consistente liberando lições mais difíceis conforme você pratica e expande seus conhecimentos.

Na maioria dos apps, essas lições são bem curtas e tomarão apenas de 5 a 10 minutos por dia (como é o caso do popular Duolingo).

Essa é uma forma rápida e gratuita de praticar inglês diariamente na forma de um simples hábito que pode fazer parte da sua rotina.


A partir dessas ideias, você pode ainda usar a criatividade e pensar em outras formas de inserir o inglês no seu cotidiano.

Flatlay / mockup fone de ouvido notebook e um quadro de palavras
incorpore o inglês na sua rotina


4. Aprenda com nativos

Principalmente se o seu foco ou dificuldade no inglês seja a pronúncia, procure aprender inglês com nativos sempre que possível.

Temos excelentes brasileiros fluentes em inglês ensinando em cursos e no YouTube mas, de fato, ninguém conhece melhor o idioma do que um nativo.

Principalmente os nativos que aprenderam o português e ensinam para brasileiros têm grande facilidade em nos passar a maneira correta de pronunciar as palavras, quando e como usar algumas expressões e vários "truques" que alavancam muito o aprendizado e levam a nossa pronúncia para outro nível!


+ Leita também:

Um exemplo é o Gavin Roy do canal SmallAdvantages, que dá várias dicas de pronúncia e gramática de maneira muito descomplicada, e também os canais Ask JackieChristina Lorimer que têm gravado vídeos que sanam muitas dúvidas comuns ao tentar aprender Inglês.

Mulher branca ruiva professora em pé sorrindo para uma aluna de costas
aprenda com nativos


5. Faça cursos online e compre livros


Estudar inglês sozinha é possível mas é sempre bom ter algum conteúdo para acompanhar e te ajudar a progredir mais rápido.

Assim, pode ser interessante fazer cursos e comprar livros de acordo com o seu nível (básico ao avançado) ou relacionado a um conteúdo específico que você queira aprender mais, como livros de gramática, vocabulários e etc.

Principalmente se você quer começar agora a estudar inglês sozinha mas não tem nenhuma noção do idioma, uma dica é fazer cursos online.

Além de pode seguir o seu ritmo e sua disponibilidade de horários, você pode focar nos conteúdos que tem mais dificuldade ou interesse de estudar, além que esses materiais pode te poupar tempo na hora de montar o cronograma de estudos, já que, tendo um material para seguir, você não precisa planejar todos os conteúdos sozinha.

No nível básico, é possível encontrar facilmente alguns cursos de inglês online e gratuitos, como:


+ Artigo do ViaCarreira com 18 cursos de inglês online e gratuitos.

O conteúdo dos cursos são gratuitos, contudo, a emissão do certificado pode não estar disponível ou requerer algum investimento. Você pode obter essas informações no site das instituições.

Alguns desses cursos são segmentados, ou seja, tratam de um assunto ou habilidade específica, como é o caso do curso da Escola Virtual, que oferece um curso de adjetivos e verbos, da mesma forma que o curso do Instituto Federal tem turmas específicas para vocabulário.

Isso pode ser interessante pela vantagem que eu citei acima, de você ter o poder de escolher o que vai estudar e direcionar o seu foco.

faça cursos online e compre livros



+ Gostou das dicas? Salve o infográfico no Pinterest!

Infográfico 5 Dicas Indispensáveis para Estudar Inglês Sozinho




Considerações Finais


O inglês é um dos idiomas mais falados no mundo, atuando como requisito em várias vagas de emprego e como idioma principal ou secundário em vários países, assim, muitas pessoas estão sempre querendo aprender inglês.

Se você está iniciando o seu aprendizado ou se já sabe um pouco do idioma, essas 5 dicas são indispensáveis para estudar inglês sozinha, seja para aprender do zero ou potencializar o seus resultados nos estudos, absorvendo melhor os conteúdos que você estuda e adquirindo hábitos que podem acelerar muito o seu aprendizado.

As dicas detalhadas no post foram:
  1. monte o seu cronograma de estudos
  2. separe os materiais de estudos
  3. insira o inglês na sua rotina
  4. procure aprender com nativos
  5. faça cursos online

Quanto ao último tópico, eu recomendei o Inglês para Brasileiros: Turbinar seu Inglês para Avançado, cujo professor é um nativo que pode te ajudar a alavancar a sua fluência e melhorar a pronúncia.

Eu comecei a estudar inglês sozinha há algum tempo por não conseguir encaixar as aulas dos cursos na minha agenda e tenho seguido todas essas dicas que, de fato, que aceleraram muito o meu processo de aprendizagem.

Principalmente quando comecei a estudar com nativos (no YouTube e por meio do curso que indiquei), consegui melhorar a minha pronúncia significativamente.

Eu espero muito que essas dicas possam ajudar você a aprender inglês melhor! Me conta nos comentários quais dessas dicas você já adota nos seus estudos e quais você pretende testar!



+ Siga o blog nas redes sociais:
Instagram@blog.queromeformar
Pinterest/queromeformar



+ PINE A IMAGEM PARA NÃO ESQUECER!

Imagens para Pinterest 5 Dicas Indispensáveis para Estudar Inglês Sozinho


5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. No momento estou praticando espanhol! Mas eu estou doida pra começar inglês.
    garotastarfashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Rafa! <3
      Acho espanhol muito legal. Já comecei a estudar uma vez mas achei mais difícil do que parece hahaha
      Aí optei por focar só no Inglês por enquanto!

      Excluir
  3. Parabéns pela contribuição! Muito organizada, clara e objetiva. 👏👏👏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário! <3
      Fico muito feliz em ajudar!

      Excluir

- Lembre-se de que todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do autor.
- Não pratique spam!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para que você receba uma notificação quando seu comentário for respondido.