Blog Quero me Formar — Organização & Finanças: 3 Formas de Parar de Pagar Tarifas Bancárias Agora Mesmo

20 de junho de 2020

3 Formas de Parar de Pagar Tarifas Bancárias Agora Mesmo

É possível eliminar totalmente as suas tarifas bancárias — e eu não estou falando somente de utilizar bancos digitais. Veja nesse artigo 3 formas de parar de pagar tarifas bancárias agora mesmo.

Mulher queimando dinheiro notas dólar banco

Segundo uma pesquisa do Ibope Inteligência, 51% dos brasileiros não sabem exatamente quanto pagam de tarifas bancárias, além de que a grande maioria dos cidadãos têm mais de 3 contas bancárias (Fonte: Uol Economia). 

Isso demonstra que grande parte dos brasileiros pode estar pagando tarifas bancárias indevidamente e, talvez, desnecessariamente, principalmente quando se tem mais de uma conta bancária.

Além de estar sempre atenta às cobranças no seu extrato bancário, também é extremamente importante analisar se é realmente necessário pagar pelo serviço oferecido pelo banco, pois é muito comum abrirmos contas correntes apenas para uma finalidade específica, pagar pelo pacote de serviços e não movimentar a conta.


O que são tarifas bancárias e o que é cesta de serviços?


A cesta de serviços é um conjunto de tarifas bancárias que possuem um preço predefinido, enquanto essas tarifas nada mais são do que a remuneração do serviço prestado pelo banco.

Essas taxas precificam cada movimentação financeira: saques, transferências bancárias, emissão de folha de cheques, extratos e outras.

Ressalta-se que no caso de extratos bancários, normalmente a cobrança ocorre apenas pelos extratos emitidos nos atendimentos presenciais. Os extratos emitidos pela internet (normalmente) são ilimitados e gratuitos.

Dessa maneira, as cestas (ou pacotes) de serviços integram essas taxas em um único valor, de acordo com a quantidade de serviços oferecidos em cada cesta.

Se você ultrapassar o limite de serviços contratados pelo seu pacote de serviços, você pagará à parte por cada movimentação.

Veja um exemplo dos pacotes de serviços do Banco do Brasil para conta corrente.

Quadro de tarifas bancárias cobradas pelo banco do Brasil 06/2020

Quadro de tarifas bancárias cobradas pelo Banco do Brasil
Fonte: site Banco do Brasil (15/06/2020).

Apesar de esses valores se referirem às tarifas bancárias do Banco Brasil, existe pouca diferença entre os preços praticados por outros bancos.

O pacote de serviços da primeira imagem, Personalizado I, é o mais barato da instituição, enquanto o Personalizado II (segunda imagem), se diferencia do I apenas por incluir 2 extratos a mais e uma transferência bancária para outra instituição.

Dessa forma, percebe-se que os pacotes têm valores consideravelmente altos sem oferecer uma gama tão grande de serviços.

Mas por que a cesta de serviços existe?


De acordo com o banco, é muito mais vantajoso para você pagar por um conjunto de serviços do que por cada transação em separado.

De fato, isso se verifica. Na imagem acima, o banco mostra a você qual o somatório das tarifas bancárias individualmente e esse valor é sempre maior do que o da cesta de serviços nas duas imagens.

Contudo, como falei na introdução do artigo, a realidade é que muitos cidadãos pagam pela cesta de serviços e mal movimentam suas contas bancárias.

Logo, por mais "vantajoso" que a cesta de serviços seja, você está gastando mensalmente com algo que nem usa.

Como eliminar, então, esse tipo de custo? Veja nesse artigo.


3 Formas de Parar de Pagar Tarifas Bancárias Agora Mesmo


Esse artigo é recomendado principalmente às pessoas que possuem pouco conhecimento sobre bancos e a forma como essas instituições trabalham, visto que normalmente não ajudam os seus clientes em nada (exceto clientes com grande patrimônio) e também aqueles que mantém contas bancárias sem movimentar constantemente.

1. Utilizar uma conta poupança

Pode parecer óbvio, mas já conheci várias pessoas que iam ao banco para abrir uma conta bancária, se dirigiam ao gerente com esse propósito e este, naturalmente, lhe oferecia uma conta corrente, quando o cidadão precisava apenas de uma conta bancária para deixar seu dinheiro depositado.

Quando fui abrir minha primeira conta bancária, é claro, tentaram de diversas formas me convencer a abrir conta em outras de modalidades que não fosse uma simples conta poupança e isso acontece em muitas agências.

A poupança é uma conta bancária gratuita, que oferece serviços semelhantes à contas correntes e permite que o dinheiro depositado seja aplicado na caderneta de poupança.

Saiba mais sobre a poupança clicando aqui.

Os serviços que normalmente são disponibilizados gratuitamente na conta poupança são:
  • cartão de débito
  • 2 saques por mês
  • 2 transferências por mês entre contas da mesma titularidade
  • 2 extratos por mês (exceto pela internet).

Caso você precise de uma conta bancária apenas para manter conta em um banco tradicional ou deixar um dinheiro depositado, a poupança é uma boa opção para parar de pagar tarifas bancárias agora mesmo.


2. Aderir ao pacote de serviços essenciais na conta corrente

Em alguns casos, pode ser necessário ter uma conta corrente em sua titularidade, como para utilizar uma conta na corretora ou receber bolsas de estudos.

Também nesses casos é comum a conta bancária ficar parada, sem utilizar muitos saques ou transferências bancárias.

Nesses casos, o ideal é aderir ao pacote de serviços essenciais na sua conta corrente e parar de pagar tarifas bancárias por serviços que você não utiliza.

A cesta de serviços não é obrigatória justamente pela existência do pacote de serviços essenciais.

Eu não sei você, mas infelizmente eu nunca tinha ouvido falar desse pacote e nenhum (absolutamente nenhum) gerente de banco havia me oferecido essa opção em todas as vezes que fui abrir uma conta corrente em um banco tradicional.

Se você também não conhecia esse serviço e sabe de alguém que paga manutenção de conta desnecessariamente, repasse essa informação imediatamente!

Esse pacote de serviços essenciais constitui um direito de todo brasileiro, prevista na resolução 3.919, de 25 de novembro de 2010, do Banco Central, configurando acesso à conta corrente gratuita.

Esse pacote de serviços inclui:
  • Cartão de débito (1ª e 2ª via*)
  • Saques: 4 por mês
  • Extrato mensal: 2 por mês
  • Transferência entre contas na própria instituição: 2 por mês (exceto DOC e TED)
  • Folhas de cheque: 10 por mês

Essa é a regra geral e você pode consultar as especificações no site do seu banco, mas todos os bancos são obrigados pelo Banco Central a oferecer o pacote de serviços essenciais.

Como citado acima, consultas via internet são ilimitadas e não estão inclusas nessas limitações.

Caso você faça poucas movimentações na sua conta, não pense duas vezes antes de migrar para o pacote de serviços essenciais. Basta entrar em contato com o banco e solicitar a migração/cancelamento do pacote de serviços atual.

Não é necessário abrir outra conta para isso e normalmente é possível aderir ao pacote pela internet ou telefone.

Esse pacote também pode ser vantajoso para quem faz pouquíssimas movimentações mensais, pois provavelmente sairá mais barato pagar pelos serviços à parte.

Por exemplo: se você exceder os 4 saques mensais gratuitos e precisar fazer uma transferência para outro banco, no Banco do Brasil você pagaria R$2 pelo saque e R$10,45 pela transferência, totalizando R$ 12,45 que ainda saem mais barato do que o pacote de serviços básico.

Adicionalmente, se você está na graduação, também pode optar por uma conta universitária. Ela é uma conta corrente normal mas com tarifas um pouco menores e está disponível apenas para alunos da graduação, da rede pública ou particular.

Na minha experiência, infelizmente, isso não fez diferença alguma com relação às taxas, mas também é possível optar pelo pacote de serviços essenciais nessa modalidade.


3. Utilizar bancos digitais

Os bancos digitais são instituições financeiras fiscalizadas pelo Banco Central que não possuem agência física para atendimento ao público e, portanto, oferecem seus serviços de maneira 100% digital.

Essa é uma excelente alternativa para parar de pagar tarifas bancárias, principalmente se você faz muitas movimentações mensais nas suas contas bancárias.

Os bancos digitais estão se tornando cada vez mais populares principalmente por oferecer serviços gratuitos e ilimitados ao público, especialmente transferências bancárias a qualquer banco (DOCs e TEDs).

Caso não tenha observado nas tarifas bancárias do Banco do Brasil ilustradas acima, uma TED para outro banco custa R$10,45 e o pacote de serviços que inclui apenas uma transferência para outra instituição custa mais de R$20 mensais.

Se você precisar fazer muitas transferências bancárias para outros bancos, pagaria um valor exorbitante ao banco no final do mês, seja pelas tarifas bancárias individuais ou pela cesta de serviços que possibilita isso em grandes quantidades.

Utilizando bancos digitais, você provavelmente gastaria um total de R$0.

Isso porque os bancos digitais normalmente não praticam nenhuma tarifa bancária para transferências bancárias de qualquer tipo, extratos ou cartões, por exemplo. 

O que pode ocorrer, como é o caso da NuConta, é a cobrança de saques. Entretanto, visto que a transferência é gratuita, rapidamente você pode transferir o dinheiro para outro banco e sacar.

Muitas pessoas se preocupam com a segurança ao utilizar bancos digitais e a boa notícia é que os banco digitais também são fiscalizados pelo Banco Central e devem seguir normas estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional.

Além disso, esses bancos também utilizam sistemas de segurança e autenticação bastante confiáveis e, em caso de quebra da instituição, os clientes de alguns bancos podem contar com a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

É possível aderir às contas digitais de bancos tradicionais, como Itaú, Santander e outros, contudo, os serviços oferecidos gratuitamente ainda têm muitas limitações.

Nos bancos digitais mais populares, as principais limitações dos bancos digitais são saques e depósitos, que normalmente são feitas apenas nos caixas eletrônicos Banco24Horas.

As opções mais populares de conta digital 100% gratuitas (ou quase) são banco Inter e NuConta, contudo, uma opção que pode sanar muitos receios às pessoas mais conservadoras é o banco Next.

Esse banco digital foi lançado pelo Bradesco há alguns anos e oferece vários serviços ilimitados e gratuitos (de forma 100% eletrônica), exceto pela possibilidade de utilizar os caixas eletrônicos do Bradesco e Banco24Horas para fazer saques e depósitos, também de forma gratuita e ilimitada.

A conta gratuita do Next, segundo o site, inclui:
  • Cartão de débito/crédito (sujeito à aprovação de crédito) VISA internacional;
  • Transferências pra next e Bradesco ilimitados;
  • TED/DOC (para outros bancos) ilimitados;
  • Saques nos caixas eletrônicos do Bradesco e Banco24Horas ilimitados;
  • Comprovantes e Extratos ilimitados.
O banco oferece ainda outros pacotes de serviços (não gratuitos, mas a um custo menor que bancos tradicionais em comparação aos benefícios) que oferecem vantagens como programas de pontos e cartões gold ou platinum.

Ressalta-se que até algum tempo atrás o Next não oferecia tantos serviços gratuitamente, o que deixa no ar se o banco realmente pretende continuar com esse plano gratuito "para sempre".

+ Falei sobre os bancos digitais exclusivamente em um artigo. Clique aqui para acessar e saber mais sobre esses bancos.


Considerações Finais


Esse artigo tem por finalidade trazer rapidamente 3 formas de parar de pagar tarifas bancárias agora mesmo.

As tarifas bancárias são taxas cobradas pelos bancos para prestar serviços básicos aos seus clientes nas transações bancárias, como: impressão de extratos, talões de cheque, saques e transferências bancárias.

Essas taxas são precificadas individualmente, contudo, o mais praticado é cobrar uma cesta de serviços para um conjunto de tarifas/serviços predeterminados.

O que acontece é que a maioria das pessoas são pegas desprevenidas ao abrir uma conta bancária e acabam saindo da agência com uma conta corrente e um pacote de serviços contratado que nem vão utilizar (provavelmente nunca).

Por isso é extremamente importante se atentar a esse tipo de gasto e, caso você absolutamente não utilize os serviços que paga, a melhor maneira de parar de pagar tarifas bancárias é usar uma conta poupança ou aderir ao pacote de serviços essenciais na sua conta corrente e eliminar esse custo.

Essas duas opções acima são as ideais para quem não movimenta a conta bancária constantemente.

Já para quem precisa fazer muitas movimentações (especialmente transferências bancárias para outras instituições), o melhor é aderir às contas correntes digitais, que oferecem serviços ilimitados e gratuitos, com a restrição de serem feitos de forma 100% eletrônica.

As contas digitais mais populares são a do banco Inter e NuConta, sendo que a do banco Next pode ser ideal para quem precisa fazer muitos saques e depósitos.

Essas opções para cortar seus gastos com tarifas bancárias são realmente válidas e seguras, de forma que você não precisará migrar o seu dinheiro para nenhuma instituição arriscada apenas para não ter custos.

+ Clique aqui e conheça o planner financeiro do blog!

Eu mesma utilizo todas essas opções: tenho uma conta poupança apenas para receber dinheiro de pessoas que têm mais afinidade com bancos tradicionais; tenho conta no Inter para fazer transferências ilimitadas e acabei abrindo a NuConta para testar, além de ser cliente do Next pela praticidade de fazer depósitos e saques nos canais de atendimento do Bradesco.

Agora me conta nos comentários se você já utiliza alguma dessas estratégias ou se vai tomar providências agora mesmo para cortar seus gastos com tarifas bancárias!



+ Siga o blog nas redes sociais:
Instagram@blog.queromeformar
Pinterest
/queromeformar


+ PINE A IMAGEM PARA NÃO ESQUECER!

    2 comentários:

    1. Muito legal!

      Só conhecia a técnica por meio dos bancos digitais que já utilizo antes mesmo de virar "moda" haha.

      Parabéns pela qualidade.

      Abraçs, Math

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Mas que bom que virou, né? Coisas boas têm que viralizar mesmo! haha

        Obrigada pelo comentário, Math ;)

        Excluir

    - Lembre-se de que todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do autor.
    - Não pratique spam!
    - Deixe a opção "Notifique-me" marcada para que você receba uma notificação quando seu comentário for respondido.