Blog Quero me Formar — Organização & Finanças: Como Economizar Comprando Roupas em 5 Passos Simples

10 de outubro de 2020

Como Economizar Comprando Roupas em 5 Passos Simples

 Comprar roupas é necessário, afinal, infelizmente elas não duram para sempre. Contudo, é possível economizar dinheiro na hora de comprar suas roupas. Veja algumas dicas!

bolsa-feminina-luxo-estilo

Existe um estereótipo de que as mulheres gostam de gastar (especialmente com roupas, sapatos, etc.), contudo, esse não é o foco do post.

Isso porque, como sempre digo nos artigos sobre como economizar, o consumismo normalmente é um escape para algum problema, logo, se você tem hábitos consumistas, é imprescindível que você procure entender o motivo.

A verdade é que roupas não duram para sempre e, infelizmente, é difícil comprar peças de qualidade por um preço que cabe no orçamento, o que leva a uma necessidade de renovação constante do guarda-roupas.

Pensando nisso, a ideia do artigo de hoje é compartilhar algumas dicas simples (que eu mesma utilizo) para economizar comprando roupas.

Uma observação é que, como o público-alvo do blog é majoritariamente feminino, algumas dicas podem ser mais práticas para as mulheres, mas não devem ser descartadas pelo público masculino.


Como Economizar Comprando Roupas em 5 Passos Simples


O processo de economizar dinheiro com roupas começa antes mesmo da compra das roupas.

Entenda com as dicas a seguir:


1. Aprenda a combinar melhor as suas roupas


A melhor forma de economizar com roupas é aproveitando as que você já tem.

Isso quer dizer que, quanto mais combinações você conseguir compor com as roupas que você já tem, menos roupas você precisará ter (e comprar).

Para quem não é lá muito criativa, como eu, uma forma de combinar melhor as roupas é buscar inspirações na internet.

Eu até costumo salvar algumas inspirações do Instagram, mas a melhor fonte de inspiração ainda é o Pinterest.

O Pinterest é semelhante a uma rede social e permite o compartilhamento de imagens, o que faz com que existam MILHARES de inspirações novas diariamente, disponíveis para você explorar.

Aqui no blog já tem um artigo bem antigo (mas atualizado) sobre como usar o Pinterest para se vestir melhor. Acesse clicando aqui!

Em síntese, a dica consiste em:
  • busque inspirações, com o seu estilo, de looks compostos por roupas parecidas com as que você já tem e salve-as em uma pasta privada;
  • busque mais inspirações com peças específicas e que você tem (exemplos: looks com saia jeans, looks com short clochard, looks com jaqueta jeans);
  • organize a sua pasta e consulte-a sempre que for se vestir e precisar de ideias.

A título de exemplo, veja algumas inspirações de looks utilizando shorts jeans x saia x t-shirt x calça jeans, que são peças práticas, fáceis de encontrar em lojas e possíveis de serem compradas por um preço baixo:

 Mulher vestindo calça jeans e t-shirt branca Mulher vestindo saia xadrez e  t-shirt branca

 Mulher vestindo saia jeans preta e t-shirt preta Mulher vestindo short jeans e t-shirt preta Mulher sentada vestindo calça jeans e t-shirt preta

Assim você criará o hábito de aproveitar ao máximo as peças que você já tem, o que é estratégico tanto do ponto de vista das roupas que você tem no momento, quanto considerando as roupas que você precisará comprar no futuro.


+ Dica extra sobre o Pinterest

Pelo celular ou computador, você pode fazer ulpload das suas próprias imagens para o Pinterest ou copiar o link de uma página (inclusive do Instagram) para salvar as imagens da página no Pinterest.

Assim você consegue salvar imagens de qualquer lugar (sua galeria, rolo da câmera, Instagram, sites) para a sua pasta privada de looks acessíveis e ter todas as suas inspirações em um só lugar.


2. Tomar boas decisões de compra


Por mais que você saiba combinar bem as roupas que você já tem, inevitavelmente elas não durarão para sempre e você precisará comprar roupas novas em algum momento, mas é preciso tomar boas decisão de compra para não fazer aquisições ruins.

É quase uma unanimidade que temos ou já tivemos algumas roupas em nosso guarda-roupas que nunca usamos.

Isso acontece principalmente porque, quando compramos uma peça de roupa, acabamos analisando apenas o quanto gostamos ou não daquela peça de roupa.

Só que, exceto quando se trata de uma peça do tipo vestido, macacões por exemplo (que não precisam "obrigatoriamente" ser combinadas com outras, como uma calça ou shorts), a peça de roupa nova precisa combinar com algo que você já tem.

Como a maioria de nós não podemos simplesmente renovar todas as peças do guarda-roupa de uma vez, o ideal é que, ao comprar uma nova roupa, ela combine com o máximo possível de peças que você já tem.

Eu recomendaria que, mentalmente, você tentasse combiná-la com ao menos 3 ou 5 peças do seu guarda-roupas.

Assim você já garante no mínimo 3 combinações possíveis com aquela nova peça.

Se ela combinar com apenas 1 peça que você já tem, isso pode não ser tão interessante, pois essa compra te limitaria muito na hora de se vestir.

Uma observação é que, caso você tenha poucas roupas (como é o meu caso) e pretenda ir comprando mais aos poucos, você pode considerar a seguinte estratégia: 

Supondo que eu queria comprar uma saia estampada que achei a minha cara, mas que não combina com nada que eu tenho no momento, eu posso comprá-la considerando que eu precisaria de uma blusa branca para conseguir usar a saia.

E essa blusa branca (o que normalmente é barato, em torno de R$20 ou R$30) combinaria com umas 5 peças que já tenho, assim como uma blusa preta também combinaria com a saia e com outras 5 peças.

Não é muito estratégico comprar uma roupa considerando que você precisaria comprar outra para conseguir utilizá-la, contudo, se essa compra posterior resultar em muitas combinações com roupas que você já tem, isso pode não ser tão ruim.

Até porque ter roupas um pouco diferentes também é necessário para atender a diferentes ocasiões.

Uma dica adicional aqui é evitar comprar roupas para ocasiões específicas, como comprar um vestido novo para ir a um casamento ou um short novo para ir a um aniversário, por exemplo.

Isso porque, sendo ocasiões muito marcantes, as pessoas acabam não querendo repetir a roupa ou não tendo outras ocasiões semelhantes para utilizá-las novamente.

Nesses casos, o ideal é ter roupas versáteis, possíveis de serem utilizadas em ocasiões diferentes e, se necessário, com alguns incrementos como salto alto, bolsas e acessórios, que possam adequar o look àquela ocasião.


3. Aproveitar as várias oportunidades de descontos


Uma forma um tanto óbvia de economizar comprando roupas é sempre pagando menos por elas, e existem algumas formas para isso.

Uma delas é pagando à vista, visto que as lojas (físicas) costumam conceder de 5 até 15% de desconto nas compras em dinheiro ou débito.

Para garantir esses descontos sem comprometer o seu orçamento, o ideal é se planejar para comprar as suas roupas.

Assim você garante o seu desconto, evita gastar demais e também não se endivida!

Outra forma de aproveitar oportunidades de desconto comprando roupas é comprar em épocas específicas de promoção, como dia do cliente, Black Friday e também nas mudanças de estação, que é quando as peças da estação anterior entram em promoção.

Em agosto, por exemplo, muitas lojas da cidade onde moro estavam fazendo promoções de inverno com peças pela metade do preço.

Por fim, uma dica para economizar comprando roupas é comprar pelo aplicativo ou site das lojas.

Especialmente C&A e Lojas Renner oferecem frete grátis para todo Brasil sem valor mínimo nas compras concluídas pelo aplicativo, além de diversas promoções.

As lojas Marisa também costumam ter muitas promoções em seu site e app, além de algumas oportunidades com frete grátis ou gratuidade de frete nas compras acima de um valor baixo, a depender da sua região.

Eu tenho comprado muitas roupas por esses aplicativos visto que, além de possuir algumas peças de roupa diferentes, o frete grátis permite que eu compre as roupas aos poucos, o que se adéqua perfeitamente ao meu orçamento.

Inclusive eu nunca paguei o preço original em nenhuma peça comprada online. Sempre peguei promoções ou cupons dentro do próprio aplicativo.

O que faço é salvar as peças que gosto na lista de desejos e manter o app instalado, pois não demora muito para o preço abaixar (o que normalmente acontece quando os tamanhos começam a acabar) ou para surgir um cupom de desconto.

Veja, por exemplo [não é uma publicidade], uma t-shirt da série Stranger Things na C&A, cujo preço original é R$29,99 (razoavelmente baixo), e está por R$17,99, na data desse post, com todos os tamanhos disponíveis.

Como economizar com roupas t-shirt em promoção na C&A
Observação: o print é do site, mas no app a peça está pelo mesmo valor e com frete grátis.

Para as compras online, você também pode procurar cupons de desconto na internet, visto que alguns sites disponibilizam cupons que podem ser utilizados tanto no site quanto no aplicativo.

Ressalto, porém, que as promoções, descontos e cupons são ofertados o ano todo, logo, não é necessário comprar algo só pelo preço, ok?

Lembre-se de comprar o que realmente é necessário ou desejado, pois outras oportunidades de desconto aparecerão sempre.


4. Comprar roupas em brechós e bazares


Os brechós estão se popularizando cada vez mais!

O interessante deles é que as roupas vendidas às vezes são novas (muitas nunca usadas e até com etiqueta) ou extremamente conservadas.

Eu, particularmente, nunca comprei roupas em brechós porque nunca encontro o meu tamanho nos brechós onde moro (a maioria das roupas são sempre P ou PP por aqui 😔), mas conheço várias amigas que já fizeram compras e ficaram muito satisfeitas.

Há também bazares online, como o popular Enjoei.

Tenho visto no Instagram também muitos brechós de roupas de marcas conceituadas, o que pode ser uma oportunidade de economia até mesmo para pessoas que prezam pela marca na hora de comprar suas roupas.


5. Compare preços e seja paciente


Quando você está a procura de uma peça que está em alta no momento (por exemplo, shorts e calças clochard) ou que não seja muito específico, como jeans e cardigans, por exemplo, é comum encontrar as mesmas peças em lojas diferentes, e por diferentes preços.

Por isso é muito importante pesquisar antes e comparar preços.

Se você  deseja economizar comprando roupas, o ideal é nunca comprar na primeira loja que entrar, em se tratando de lojas físicas ou virtuais.

Quando você estiver precisando muito de uma roupa e, por acaso, deixar de comprar na primeira loja para dar uma olhada em outras ser um pouco "arriscado", talvez você deva ignorar essa dica.

Contudo, atualmente a maioria das lojas estão no Instagram ou tem seu próprio site, logo, fica bem mais fácil comparar preços.

Você consegue saber onde está mais barato antes mesmo de sair de casa para comprar, então não deixe de checar se as lojas que vendem o que você precisa estão nas redes sociais para que você consiga consultar preços.

Por fim, se você não precisar muito, seja paciente.

Como eu disse acima, muitas são as ocasiões de promoções e descontos, tanto nas lojas físicas como nas virtuais.

Logo, se você esperar (repito, caso realmente possa adiar a compra) é muito provável que você acabe pagando um preço menor.

Eu confesso que sempre adio muito as minhas compras de roupas, sapatos e essas coisas. Acabo sempre comprando meses depois de quando decidi que queria comprar.

E duas coisas acabam acontecendo: ou eu consigo comprar por um preço mais baixo ou percebo que não quero ou preciso comprar tanto assim, e deixo para lá (o que também economiza hahaha).


+ Dica extra: entenda um pouco de tecidos


Eu sou 0 expert nesse assunto e por isso nem vou citar exemplos de tecidos aqui, rs.

Mas algumas pesquisas na internet acabaram me ajudando a entender um pouco melhor da qualidade de alguns tecidos de roupas que eu já tinha ou pretendia comprar.

Isso foi relevante porque eu poderia avaliar a (provável) qualidade das roupas vendidas na internet e também para entender melhor o tecido que eu precisava em uma peça.

Por exemplo: me incomodava comprar vários moletons que não esquentavam tanto e também algumas blusas que rapidamente esticavam e ficavam meio "desfiguradas" depois de algumas lavagens.

Assim, os moletons estavam tendo pouca utilidade (dinheiro gasto atoa) e as blusas estavam tendo uma vida útil um pouco curta (dinheiro mal gasto), então eu não queria cometer os mesmos erros com roupas e dinheiro mais.

Assim, fiz algumas pesquisas e descobri os tecidos que são mais quentes (que são os que eu deveria buscar em um moletom) e que esticam mais (os que eu deveria evitar nas blusas).

Se você passa por situações como essas ou semelhantes, aprender um pouco mais sobre tecidos pode ajudar você a economizar, indiretamente, na compra de roupas, visto que você errará menos nas escolhas.



Considerações Finais

Quando a compra de roupas e sapatos não é um impulso consumista, economizar com roupas acaba sendo muito simples e se tornando um hábito rapidamente.

Isso porque é necessário, claro, ter certa quantidade de peças no seu guarda-roupas, mas você não precisa ter um "estoque" interminável de roupas, principalmente seguindo as dicas desse artigo.

A primeira dica foi sobre combinar melhor as suas roupas, visto que, quanto mais combinações você souber fazer com as peças que você já tem, menos roupas você precisará comprar.

Em seguida, a recomendação foi tomar boas decisões de compra, principalmente quanto à versatilidade das roupas que você pretende comprar.

O ideal é que a roupa nova combine com o máximo de peças possíveis do seu guarda-roupas!

Duas dicas para garantir um preço mais baixo na hora de comprar as suas peças é optar por bazares, brechós e outlets e também aproveitar as promoções, seja nas mudanças de estação ou nos aplicativos e sites.

Por fim, a última dica é para que você pesquise preços e seja paciente (quando puder adiar uma compra), e essas duas dicas valem para tudo o que queremos comprar e economizar, né!?

Ah, uma dica extra que dei foi sobre entender um pouco mais sobre tecidos, principalmente se você faz compras online. Isso ajuda você a comprar peças de qualidade e que atendam ao propósito que você deseja.

Como muitos dos conteúdos que eu compartilho aqui, essas dicas são as que eu de fato utilizo para economizar comprando roupas.

Visto que no momento eu estou focada em construir uma trajetória que me permita realizar sonhos no futuro, no presente eu estou sempre tentando economizar ao máximo.

Não é atoa que tem vários posts sobre como economizar aqui no blog. Veja alguns:

Eu espero muito que todas essas dicas simples para economizar comprando roupas possam ajudar você!

Agora me conta nos comentários: quais são os seus truques para economizar comprando roupas?



+ Siga o blog nas redes sociais:
Pinterest/queromeformar



+ PINE A IMAGEM PARA NÃO ESQUECER!
Imagem de Divulgação para Pinterest Como Economizar Comprando Roupas em 5 Passos Simples


Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Lembre-se de que todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do autor.
- Não pratique spam!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para que você receba uma notificação quando seu comentário for respondido.