Blog Quero me Formar — Organização & Finanças: Como Abrir Conta em Uma Corretora e Escolher a Melhor para Começar a Investir

29 de fevereiro de 2020

Como Abrir Conta em Uma Corretora e Escolher a Melhor para Começar a Investir

Para começar a investir o seu dinheiro, é necessário antes ter conta em uma corretora de valores. Mas como criar uma conta e escolher a melhor corretora para investir o seu dinheiro? Saiba nesse artigo!


Home office clean branco, computador e agenda e canetas e livros e xícara




No último artigo sobre finanças, publiquei um guia completo de como começar a investir o seu dinheiro do zero e um dos últimos passos era abrir uma conta em uma corretora de valores, contudo, para quem não é experiente no assunto ou tem muito medo de arriscar nesse universo, várias dúvidas podem surgir, como:

O que é uma corretora de valores?
Por que preciso de uma corretora?
Como escolher a melhor?
Quais são os riscos?

Entenda nesse post o que é porque é necessário abrir uma conta em corretora de valores e como escolher a ideal para você e para o seu investimento!


AVISO: ESTE ARTIGO NÃO É UMA RECOMENDAÇÃO. CONTEÚDO MERAMENTE INFORMATIVO.

Talvez você já tenha reparado na sua conta bancária ou informada pelo seu gerente que o seu banco oferece opções de investimentos ideais para você e esteja se perguntando por que simplesmente não investir pelo seu banco?

Se você é um pequeno investidor, a verdade é que os bancos tradicionais (os bancos antigos, como Bradesco, Banco do Brasil e demais) não têm interesse em lucrar com os seus investimentos, mas sim com os empréstimos que concedem e, por isso, na grande parte das vezes essas instituições não oferecem opções interessantes a quem tem pequenas quantias para investir.

Investir utilizando a corretora do seu banco pode, sim, ser mais cômodo, mas é uma opção que oferece muito menos diversificação de investimentos, opções rentáveis e, normalmente, envolvem custos maiores que as corretoras

Lembrando que essa diferença se verifica apenas para o pequeno investidor, pois com um grande patrimônio você terá tratamento diferenciado tanto no banco como nas corretoras.

Além doas bancos e corretoras, também é possível investir o seu dinheiro por meio de gestoras e robôs, contudo, nessa opções você não tem autonomia para selecionar os seus investimentos, ou seja, você estaria delegando a responsabilidade de cuidar do seu dinheiro, o que não é interessante.

Apesar de parecer complexo no início, o ideal é que você não terceirize a escolha dos seus investimentos e faça as suas próprias escolhas antes de investir, baseando-se nos seus próprios conhecimentos e conclusões.

Portanto, entende-se que a corretora é a melhor opção para o pequeno investidor e que está começando a investir agora, pois seu dinheiro ficará seguro, existirá um baixo custo para fazer suas aplicações e você terá autonomia para escolher investimentos com boas rentabilidades.

Entenda mais sobre as corretoras de valores com os 3 pilares seguintes:

1º Mas o que é uma corretora de valores?

A corretora de valores é uma instituição financeira que tem por objetivo intermediar (fazer uma "ponte") entre quem quer comprar e vender ativos no mercado financeiro e são reguladas por órgãos competentes, como o Banco do Brasil, Comissão de Valores Mobiliários (CMV) e B3.

Além de permitir acesso aos investimentos, as corretoras podem oferecer também outros serviços, como gestão de seus próprios fundos, análises de investimentos, contexto de mercado e etc. e cursos. Algumas análises, inclusive, são divulgadas de forma gratuita.

2º Por que é necessário abrir conta em uma corretora para começar a investir?

Com relação ao intermédio que as corretoras fazem, nos investimentos de renda fixa não é necessário utilizar uma corretora para investir, podendo o investidor adquirir o título diretamente com o emissor. A vantagem de investir por meio das corretoras estaria principalmente na diversificação de opções de investimentos e rentabilidade, visto que normalmente os bancos não vendem investimentos de outro banco, limitando as suas opções somente aos investimentos da instituição.

Contudo, para o investidor pessoa física que deseja aplicar na bolsa de valores, não é possível comprar ativos direto com emissor, portanto, é preciso ter uma instituição que faça esse intermédio entre você e a outra parte da negociação.

No caso deste artigo, o intermediário em questão são as corretoras.

3º Quais são os riscos de investir por uma corretora?

De forma resumida, o único risco reside em deixar o seu dinheiro parado na corretora (ou seja, sem investir), pois esse é o único dinheiro que estará perdido caso a corretora venha a falir. Logo, não deixe o dinheiro parado na corretora [especialmente grandes quantias] para não correr riscos.

Isso porque os seus investimentos ficam registrados em seu nome e CPF junto ao emissor e, como vimos no post sobre como começar a investir, os investimentos têm suas garantias, portanto, não é necessário que o banco ou a corretora independente se responsabilize pelas suas aplicações financeiras.

Os investimentos em títulos públicos e privados e em bolsa de valores sob sua custódia ficam guardados na Câmara de Ações (CBLC) e, como são suas e não da sua corretora,  elas ficam registradas no seu CPF e você pode transferi-las para outro lugar se precisar, além de que não irá perdê-los caso a corretora quebreOs investimentos em renda fixa privada, como LCIs, LCAs, CDBs e outros, ficam ainda registrados na Cetip.

Em suma, os riscos de investir em uma corretora são muito pequenos, principalmente se você não deixar o seu dinheiro parado na conta e escolha uma boa instituição.

Como Escolher a Melhor Corretora para Começar a Investir

Agora que você já sabe que não estou lhe metendo em nenhuma furada, fica muito mais fácil ir para a parte que interessa: abrir sua conta e começar a investir!


Como escolher a melhor corretora para investir o seu dinheiro?


Pensar no seu bolso é sempre necessário, mas em se tratando de investimentos você deve analisar aspectos além dos custos e encontrar a corretora que seja melhor para você.

É imprescindível que você confie na instituição para a qual está transferindo o seu dinheiro e que ela atenda da melhor forma possível às suas necessidades.

Então o que deve ser analisado na hora de escolher a melhor corretora?

Atendimento
É importante que a instituição tenha disponibilidade de profissionais para lhe atender e prestar suporte.
Você pode buscar informações sobre o atendimento na internet, baseando-se na opinião dos clientes ou mesmo entrar em contato com a corretora para testas a qualidade do serviço.

Preço e taxas
Como já vimos em outro artigo, existem vários investimento disponíveis no mercado financeiro, portanto, as corretoras podem praticar diferentes preços para enviar o seu pedido de compra ou venda em cada negociação. Essa cobrança é a chamada taxa de corretagem. Algumas operações são isentas dessa taxa na maioria das corretoras, como a renda fixa e algumas podem, ainda, não cobrar pelas operações executadas em seu home broker, como a Clear (do grupo XP) e Banco Inter.

Há ainda a taxa de custódia, paga mensalmente à corretora para "guardar" os seus ativos, sejam na renda fixa ou variável. Também é possível encontrar corretoras sólidas no mercado que não cobram essa taxa.

Você pode conferir o ranking de bancos e corretoras do Tesouro Direto e conferir suas taxas clicando aqui.

Ferramentas e serviços oferecidos
Compare os serviços oferecidos além da compra e venda de ativos, como relatórios de análises, cursos, informativos, consultorias e ferramentas como um bom home broker, aplicativo para o celular, gráficos e outros.

Segurança e tecnologia
Quanto mais tecnológica for a instituição, o provável é que maior seja a segurança dos seus dados e qualidade da sua plataforma de negócios.

Pesquise sobre a corretora, seu histórico de clientes e reclamações.

Verifique a certificação
A bolsa de valores brasileira (B3) confere certificações às corretoras que prestam serviços de qualidade, como o Execution Broker (estrutura tecnológica) e o selo Cetip, que garanta que todos os investimentos (renda fixa) serão feitos em seu nome e CPF.

Você pode ainda conferir todas as corretoras listadas na Bovespa e na CMV, contudo, não é necessário que você analise todas, pois existem dezenas de instituições. Logo, pode ser interessante perguntar às pessoas que você conhece, buscar indicações na internet ou se aprofundar nas mais populares: Clear, Easynvest, modalmais, Rico e XP Investimentos.

Produtos oferecidos
Nem todas as corretoras oferecem todos os ativos do mercado financeiro, além de que algumas instituições são voltadas aos grandes investidores.

Não obstante, algumas corretoras incentivam o investimento em certos ativos oferecendo plataformas diferenciadas e taxas mais baixas, podendo ser mais vantajoso para o investidor. 

Logo, analise se a corretora oferece os "produtos" (investimentos) que você deseja adquirir e como ela se desempenha nos outros aspectos.

+ DICA: Se você é um pequeno investidor, gosta da comodidade de investir pelo seu banco, pesquise sobre o Banco Inter e sua plataforma de investimentos, que oferece várias opções de aplicação e home broker 100% gratuito.

Como abrir conta em uma corretora de valores?

Apesar do que muitas pessoas imaginam, abrir conta em uma corretora não é um processo burocrático e o melhor: pode ser feito pela internet, não sendo nem comparado ao transtorno de ficar horas na fila de um banco para abrir uma conta.

Na maioria das corretoras é grátis criar uma conta e sem precisar fazer qualquer transferência para a conta.

Basta acessar o site da corretora que deseja e clicar em "Abra a sua conta" [que certamente estará em destaque no site].

Você precisará ter em mãos os seus documentos e dados:

Documentos pessoais: Documento de Identidade (RG), CPF (documentos oficiais ou a CNH), comprovante de residência, telefone e dados profissionais. É bom estar com os documentos originais em mãos pois normalmente é requerido que você anexe o documento ou tire uma foto.

+ DICA: se você precisar escanear documentos e não possuir impressora, utilize o celular. No iOS, é possível escanear pelo app Notas, enquanto no Android você pode baixar um app gratuito de escâner.

Informações financeiras: é comum ter de responder à algumas perguntas relacionadas ao seu dinheiro e patrimônio, como renda mensal, dinheiro investido e outras. Não é necessário informar dados exatos, mas é interessante ser realista pois a corretora utiliza esses dados para conhecer você e o seu perfil.

Dados bancários: será necessário informar uma conta bancária de mesma titularidade (em seu CPF), sendo que, normalmente, só é aceito transferências para a corretora oriundas de conta corrente.

É obrigatório também que as corretoras coletem informações acerca do perfil do investidor, portanto, você responderá a um questionário com perguntas simples sobre investimentos e risco, de forma que os investimentos disponíveis para você sejam condizentes com o seu perfil.


Após preencher todas as informações, o seu cadastro será analisado e dentro de alguns dias [normalmente bem rápido], a corretora fará contato por e-mail, informando a conformidade do seu cadastro e se a sua conta foi aberta.

Depois de aberta a conta na corretora, o último passo antes de sua conta ficar pronta para uso é preencher o suitability, que é um questionário de múltipla escolha para diagnosticar o seu perfil de investidor.

É com base nele que a corretora selecionará quais opções de investimento ficarão disponíveis para você. Caso seja necessário, você pode responder esse formulário novamente depois.

Após preencher o formulário e concluir a abertura de conta, você só precisa ter dinheiro na corretora para começar a investir.

Para isso, basta fazer uma transferência do seu banco para a corretora (uma transferência bancária normal), que fornece os seus dados bancários de forma detalhada para você não errar na hora de mandar o seu dinheiro para a corretora. Esses dados ficam em algum lugar do tipo "Dados para Retirada/Depósito".

Esse dinheiro estará disponível na sua conta dentro de alguns minutos, desde que esteja dentro do horário de expediente do seu banco, pois se trata de uma transferência bancária normal.

Nos bancos tradicionais, toda transferência bancária tem um custo e, quando transferido para um banco diferente do titular (você), essa taxa pode ser bem alta. Uma alternativa para fugir desses custos são os bancos digitais. Procure saber mais! (em breve, nos próximos artigos)

Com o dinheiro disponível na corretora, você já pode acessar plataforma de negociação da corretora e fazer suas aplicações!

ATENÇÃO: Caso você precise retirar o dinheiro da sua corretora, precisa fazer algumas observações:
- se o dinheiro estiver investido, é necessário que você se desfaça do investimento (resgate). Após resgatá-lo, o valor estará disponível virtualmente para você, caso você quisesse utilizar o dinheiro para outras negociações no mercado, contudo, se você desejar retirar o dinheiro da corretora, esse valor estará disponível somente após alguns dias, a depender da liquidez do investimento e da corretora. Em ações, por exemplo, o dinheiro só fica disponível após 3 dias.

- quando o dinheiro já está disponível, você poderá transferir o dinheiro utilizando a opção "Retirada", mas a transferência será executada conforme os horários de transferência da corretora. Ou seja, não é possível retirar o dinheiro a qualquer momento.

Mas lembre-se: jamais invista um dinheiro que vai precisar! Se quiser ter uma experiência e "sentir o mercado", utilize simuladores ou faça investimentos mínimos, como no Tesouro Direto (a partir de R$30,00) ou ações de preços baixos (centavos a R$10,00).

Além disso, o dinheiro só pode ser transferido da sua corretora para um conta já cadastrada nos seus dados financeiros com a corretora e de sua titularidade, ou seja, não é possível enviar o seu dinheiro direto da corretora para terceiros.

Como exemplo, você pode olhar esse passo a passo de como abrir uma conta na corretora Rico.


CONSIDERAÇÕES FINAIS — Como Abrir Conta em Uma Corretora e Escolher a Melhor para Começar a Investir 

Abrir uma conta em corretora de valores mobiliários não é um processo burocrático e moroso como se pode pensar.

Mais rápido e prático do que ficar horas na fila do banco para abrir uma conta, basta acessar o site da corretora com os seus dados em mãos e preencher todas as informações solicitadas. Em alguns dias você recebe o e-mail de que a sua conta foi aberta e já pode começar a utilizar a corretora para investir o seu dinheiro!

No entanto, é necessário escolher a sua corretora com atenção, principalmente se você está começando a investir agora pois alguns aspectos podem ser mais relevantes para você, como uma plataforma fácil, relatórios de análise e um bom suporte, enquanto um investidor qualificado pode achar mais relevante ter acesso a investimentos diversificados.

Analise aspectos como preços e taxas, produtos oferecidos, suporte, atendimento, segurança e serviços para chegar à conclusão de qual é a melhor corretora para você, contribuindo para que você atinja da melhor maneira os seus objetivos financeiros.

Se você está começando com pouco dinheiro e quer reduzir custos, Banco Inter e Clear Corretora podem ser as melhores opções para você.

O primeiro é um banco digital gratuito que oferece conta corrente, transferências ilimitadas e plataforma de investimentos gratuitos, enquanto a Clear é uma corretora sem taxas (gratuita). 

Eu utilizo ambos há mais de um ano (mas utilizo o Banco Inter apenas para transferir o dinheiro para a corretora) e, considerando que estou tendo acesso a bons investimentos de forma gratuita, me sinto muito bem atendida pelas duas instituições.

Compartilho aqui a minha experiência para que te mostrar que eu não apenas falo, mas também faço e sempre compartilho aqui as coisas boas que aprendo.

Aprender que investir é simples [e acessível] é imprescindível para o seu sucesso financeiro e, na verdade, todo cidadão deveria saber disso.
Se você veio até esse post só de curiosidade mas ainda não tem condições de investir, não se preocupe, nunca é tarde para começar!

Aprenda a gastar melhor a sua renda, economizar e fazer sobrar dinheiro no fim do mês e logo logo você estará com o dinheiro em mãos para fazer o seu primeiro investimento!

Se você já está aptar a começar a investir, não perca tempo. Quanto antes, melhor! Dê o primeiro passo e abra a sua conta em uma corretora de valores, afinal, agora você já sabe como é fácil!

Te contei a minha experiência, agora me conta a sua: qual corretora você já utiliza ou já ouviu falar? Quando pretende começar a investir?


+ Siga o blog nas redes sociais:
Instagram@blog.queromeformar
Pinterest/queromeformar

Para aprender mais sobre finanças pessoais e planejamento, clique aqui.

↝ Leitura recomendada: Passo a passo de como comprar ações pelo home broker da corretora 

+ PINE A IMAGEM PARA NÃO ESQUECER!
Imagens para Pinterest Como Abrir Conta em Uma Corretora e Escolher a Melhor para Começar a Investir



+ GOSTOU DAS DICAS? SALVE O INFOGRÁFICO!
Infográfico Como Abrir Conta em Uma Corretora e Escolher a Melhor para Começar a Investir



REFERÊNCIAS

AFINAL, COMO FUNCIONAM AS CORRETORAS DE INVESTIMENTOS NO BRASIL?. ParanáBancoAcesso em: 26/01/2020.

Banco ou corretora? Vantagens e desvantagens de investir em um ou em outro. Uol EconomiaAcesso em: 26/01/2020.

CETIP - entenda o que é, para que serve e a relação com o CDI. Toro InvestimentosAcesso em: 26/01/2020.

Como abrir conta em uma corretora de valores?. DinheiramaAcesso em: 26/01/2020.

CBLC: entenda o que faz a principal garantidora das operações no mercado. Suno ResearchAcesso em: 26/01/2020.

Escolher uma corretora para investir não é um saldão do melhor preço. InvesteaêAcesso em: 26/01/2020.

Investir em corretora nem sempre é melhor do que em banco. EstadãoAcesso em: 26/01/2020.

Investir pelo banco ou por uma corretora de valores?. Dinheirama. Acesso em: 26/01/2020.

O Que São e Como Funcionam as Corretoras de Valores?. London CapitalAcesso em: 26/01/2020.

Passo a passo para abrir conta em corretora de valores. Par MaisAcesso em: 26/01/2020.

Saiba quais são as 10 melhores corretoras de valores do Brasil [Lista atualizada]!. Blog MobillsAcesso em: 26/01/2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Lembre-se de que todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do autor.
- Não pratique spam!
- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para que você receba uma notificação quando seu comentário for respondido.